MOVIMENTO SACERDOTAL MARIANO – M.S.M.

(Mensagens de NOSSA SENHORA ao Pe. Stefano Gobbi, na Itália)

Parte 6

 

Há muitas décadas, em Suas manifestações pelo mundo, seja em Aparições ou até mesmo nas Locuções interiores, NOSSA SENHORA vem insistindo para que a humanidade se reconcilie com o DEUS Altíssimo e Todo Poderoso. Também ELA tem incansavelmente repetido que o único caminho para chegarmos a este vital objetivo é através de uma profunda e autêntica conversão; aquela que deve iniciar de coração e pelo coração. E o primeiro grande e decisivo passo é a busca do Sacramento da Reconciliação, antecedido por um meditado exame de consciência e muita oração, para que misericordiosamente DEUS ESPÍRITO SANTO nos ilumine e mostre todos os nossos pecados e ofensas praticadas contra nosso DEUS Trindade e nosso próximo.
Em uma de Suas mensagens ao Pe. Gobbi, NOSSA SENHORA, nossa MÃE de Misericórdia, com amor, carinho e paciência, didaticamente nos mostra toda a importância desta verdade, imprescindível para a salvação de nossas almas.

 

NESTE CAMINHO LUMINOSO.  

“Segui-Me pelo caminho que vos tracei, Meus filhos muito amados, por MIM defendidos e protegidos.
É o caminho da conversão e da penitência.
A conversão que vos peço é a que JESUS nos pediu no SEU Evangelho.
Afastai-vos do caminho do mal, da soberba, do egoísmo e do pecado.
No mundo em que viveis, onde a rebelião contra DEUS e contra a SUA Lei de Amor é acolhida, publicitada, exaltada e apresentada como novo modelo de vida, quantos dos Meus pobres filhos se tornam cada dia vítimas do pecado, do ódio, da violência, da corrupção, do egoísmo e da impureza.
O pecado grave afasta-vos de DEUS, priva as vossas almas do dom precioso da SUA Vida e da SUA Graça; torna-vos escravos das paixões e dos vícios, enfraquece-vos na resistência contra as tentações, abre grandes espaços à ação de satanás, que se apodera, assim, cada vez mais da vossa existência, transformando-a num instrumento para a difusão do egoísmo desenfreado, da soberba, do ódio, da divisão, da luxúria e da impiedade.
Se vos opuserdes com coragem e força ao mundo em que viveis, para seguir pelo caminho do bem, da graça divina, do amor e da santidade, realizareis em vós um verdadeiro esforço de conversão.
Hoje é preciso que todos os Meus filhos se convertam e voltem a crer no Evangelho, a viver segundo o Evangelho e se deixem guiar só pela Sabedoria do Evangelho.
Estes são os dias favoráveis para a vossa conversão. São dias de graça e de Misericórdia, de esperança e de espera.
Estes são os dias preparatórios para tudo aquilo que já vos espera, para os grandes acontecimentos que vos foram preditos.
Peço-vos então, também, obras cotidianas de mortificação e de penitência.
A penitência seja por vós oferecida ao Meu Coração Imaculado de três maneiras diferentes:

- Antes de mais nada, dai-ME a penitência interior, que deveis exercer para alcançar o domínio de vós mesmos, das vossas paixões e para vos tornardes verdadeiramente dóceis, humildes, pequeninos, disponíveis para o Meu desígnio.
Às vezes o Meu Coração sofre ao ver que resistis a Meus convites maternos; assim não conseguis alcançar o grau de docilidade, de humildade, de verdadeiro aniquilamento de vós próprios que EU vos peço, porque ME é indispensável para ME servir de vós, para realização do Meu desígnio de salvação e de Misericórdia.
- Oferecei-Me depois a penitência silenciosa e cotidiana, que é fruto de cumprir bem só a Vontade do SENHOR, em cada circunstância da vossa vida, por meio do humilde, fiel e perfeito cumprimento de todos os vossos deveres.
Se fizerdes assim, quantas preciosas ocasiões de sofrimento e de oferecimento se vos apresentam durante um dia inteiro!
O vosso sorriso, a serenidade, a calma, a paciência, a aceitação e o oferecimento são verdadeiras penitências silenciosas, que dão mais valor e luz a cada circunstância da vossa existência.
- Peço-vos também a penitência exterior, que sempre se exerce dominando as paixões, mortificando os vossos sentidos, especialmente os dos olhos, da língua, do ouvido, e da gula.
Não olheis para o grande mal que vos rodeia, nem para a grande impureza que contamina os vossos caminhos.
Renunciai à televisão para conservar na alma a Luz e para dar maior espaço na vossa vida, ao recolhimento, à meditação e à oração.
Sabei por freio à língua, e guardai silencio dentro de vós e a vossa volta, para que possais falar só para difundir o bem, em espírito de amor e de humilde serviço a todos.
Fugi das críticas, das murmurações, das maledicências e da maldade. 
Não cedais à fácil tentação de julgar e condenar.
Fechai os ouvidos e a mente ao alarido de vozes, que se torna cada vez mais ensurdecedor, levando-vos a viver no barulho, na confusão e na aridez.
Mortificai a gula, abstendo-vos daquilo que vos dá maior prazer e praticando também o jejum corporal pedido por JESUS no Seu Evangelho e que ainda hoje Eu vos peço.
Se percorrerdes este caminho que vos traço, então os dias da vossa vida serão abençoados pelo SENHOR, e levar-vos-ão à paz do coração e à pureza de alma.
Tornar-vos-ei, vós mesmos, a Minha palavra vivida e difundireis por toda a parte a Luz da Minha presença no meio das grandes trevas que se tornaram densas sobre o mundo.
Conduzo-vos sempre por este luminoso caminho de conversão e de penitência, especialmente nestes dias em que se prepara o grande Milagre da Divina Misericórdia que já está para se realizar.”  
     (04 de março  de 1987 – Quarta-feira de Cinzas – Início da Santa Quaresma)

 

 

OS MOMENTOS DECISIVOS ESTÃO PRÓXIMOS.

“Hoje estiveste sempre sob Meu Coração. Rezaste pelos teus irmãos Sacerdotes do Meu Movimento.
Foi um dia de Graças especiais para todos. Fiz sentir a Minha presença ao lado de cada um.
Devo tornar estes Meus filhos cada vez mais Meus. Devo desapega-los, o mais rapidamente possível, de todas as coisas para fazer com que se tornem só e inteiramente do Meu FILHOJESUS.
Se soubesses, filho, como os amo, como os aperto ao Coração, um a um!
Os momentos decisivos estão muito próximos; ainda um pouco, e depois, com eles, com as Minhas crianças mais pequeninas, esmagarei a cabeça de satanás e dos seus numerosos seguidores. E obterei a Minha já anunciada vitória.”  
(03 de agosto de 1974 – Primeiro sábado do mês)

 

“Vitória! Tu reinarás! Ó cruz! Tu nos salvarás... “

 

Ao lermos as profecias autênticas, como esta de NOSSA SENHORA ao Pe. Gobbi, temos que ter sempre presente duas convicções:

-  é certo que todas se cumprirão!
- o período em que elas ocorrerão, ao Pai pertence a determinação. Algumas se cumpriram em meses, outras em poucos anos, e as demais estão se cumprindo no decorrer destas quatro últimas décadas. Os sinais estão claros de que pouquíssimos anos nos restam para que tudo se cumpra, e finalmente, o Justo e Misericordioso Juiz assuma a Plenitude de SEU Reino, tanto na terra como no Céu!

Abril/2009.

 

Centro de Distribuição do Livro:

Brasil: Fone: (011) 3847-4703 / 3847-4709
Fax: (011) 3847-4780 com Otávio Piva de Albuquerque

Portugal:   +351 (068) 61-1303 c/Pe. Giovanne del Ponte